Portal ENSP - Escola Nacional de Sa??P??ca Sergio Arouca Portal FIOCRUZ - Funda? Oswaldo Cruz

O Programa RADIS

O Programa RADIS de Comunicação e Saúde é um programa nacional e permanente de jornalismo crítico e independente em saúde pública, iniciado em 1982, na Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (Ensp/Fiocruz). Os objetivos do projeto original estavam nas iniciais do próprio nome: reunião, análise e difusão de informação sobre saúde, que inovava também por adotar um conceito ampliado de saúde, incluindo qualidade e condições de vida. 

O Programa publicou durante 20 anos as revistas Súmula e Tema (até 2002), além de Dados (até 1996) e o tablóide Proposta – O Jornal da Reforma Sanitária (entre 1986 e 1993), renomeado Jornal do Radis (em duas edições de 1994).

Revista ‘Radis’
Em 2002, o Programa RADIS reuniu todo o acervo de suas publicações em mídia digital com recursos de busca por palavras e expressões e lançou a revista Radis, incorporando as características das publicações anteriores com rigorosa periodicidade mensal, maior volume de conteúdo, flexibilidade editorial e recursos gráficos, dando um salto qualitativo na prática jornalística na área da Saúde. O Programa RADIS recebeu naquele ano cinco dos sete prêmios de Melhor Jornalismo em Saúde, comemorativos dos 100 anos da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).

Comunicação E Saúde
A partir de então, o Programa veio repensando sua natureza, consolidando-se como um programa de Comunicação E Saúde, acentuando o seu afastamento do paradigma da transmissão de informação e buscando ser um espaço de maior co-produção de sentidos, em conformidade com os princípios da Reforma Sanitária e do Sistema Único de Saúde, conferindo à Comunicação papel menos instrumental e mais central e estruturante no exercício da cidadania e na garantia do direito à Saúde.

Nas edições da revista Radis e nos conteúdos do site vem aumentando a interlocução com a sociedade e a voz dos movimentos organizados, dos profissionais e usuários do SUS e está cada vez mais presente ao lado de gestores, acadêmicos e pesquisadores.

Acervo único e exposições
O Programa mantém atividades de documentação relacionadas ao acervo de publicações, iconográfico e hemeroteca com perfil único no país, que acompanha notícias na imprensa desde a origem do RADIS, reunindo mais de 245 mil recortes sobre saúde em seu conceito ampliado. O RADIS realiza ainda exposições fotográficas relacionadas aos temas de coberturas jornalísticas selecionadas.

Cursos e palestras
Na área acadêmica, desde 2000, os integrantes da equipe apresentam trabalhos e palestras sobre Comunicação e Saúde em eventos científicos, orientam trabalhos e integram bancas de avaliação em Comunicação e Informação em Saúde, dão consultoria e participam de conselhos e câmaras técnicas de Comunicação e Saúde, além de coordenar cursos e disciplinas de Comunicação, Informação em Saúde.

Assinantes
A revista Radis é enviada para mais de 100 mil assinantes em todos os municípios do país. O cadastro do Programa abrange todos os conselhos e secretarias municipais e estaduais de Saúde do Brasil, prefeituras, câmaras municipais, assembleias legislativas e os parlamentares do Congresso Nacional, organizações não governamentais, órgãos da mídia, entidades sindicais e de moradores, bibliotecas, escolas, estudantes e profissionais de todos os níveis das áreas da saúde e afins. A assinatura é gratuita, em sintonia com o princípio constitucional de que “saúde é direito de todos e dever do Estado”.

A Ensp e a Fiocruz entendem que tal princípio inclui como dever do Estado assegurar que todo brasileiro tenha o direito a ter acesso a informações claras, precisas e qualificadas em Saúde e, principalmente, a ter sua voz ouvida, o direito de comunicar.

Leia mais sobre o Programa RADIS e a revista Radis, nas edições nº 100, nº 120 e nº 60.

 

 

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
Image CAPTCHA
Enter the characters shown in the image.