Páginas

“Temos problemas que concernem a todos os sistemas de saúde, principalmente na América Latina, que é a falta de infraestrutura e recursos humanos. Desde que não haja proibições a um sistema único e público de saúde, pode-se fazer um planejamento de médio e longo prazos. Isso não ocorre nos sistemas privados de saúde, porque estão nas mãos de provedores privados que decidem onde e como querem disponibilizar os serviços. Nos sistemas públicos de saúde, primeiramente, definimos como estão distribuídas as necessidades de saúde.
Por ocasião da visita de uma das pesquisadoras mais representativas da corrente da medicina social latino-americana, Asa Cristina Laurell, que participou de uma videoconferência promovida pelo mestrado profissional em Saúde Global e Diplomacia da Saúde, coordenado pela pesquisadora Célia Almeida, foi realizado um encontro com pesquisadores de diferente

Páginas

Inscreva-se em Resp RSS